Cheesecake de matcha

Hoje trago-vos uma das grandes paixões no que toca a sobremesas. Cheesecake. Mas não é um cheesecake qualquer. Este é de chá verde (matcha) e é também crudívoro, o que o torna não só muito fácil de fazer, como mais saudável.

A verdade é que tenho uma grande paixão por sobremesas deste género. Talvez porque o forno continua, por vezes, a ser um mistério para mim. Ou então porque sempre fui apaixonada por sobremesas geladas. Nem me façam falar de gelados…

Portanto, apesar de ter prometido que ia parar com as sobremesas, vocês ficaram com muito interesse nesta receita, por isso, aqui vai. 🙂

Ingredientes para 1 cheesecake (com 18cm):

  • 160g de amêndoas
  • 270-280g de tâmaras medjool (depois de tirar o caroço)
  • 1 pitada de canela e 1 pitada de sal marinho
  • 180g de cajú demolhado em água por pelo menos 8h
  • 60g de leite de côco (aqui quero que usem a parte mais sólida e que o leite tenha pelo menos 80% de côco – o que se usa no caril, não o para beber)
  • 50g de óleo de côco derretido (pesem antes de derreter e se não gostarem do sabor intenso do óleo de côco, aconselho a usar este, que não tem sabor.)
  • 50g de iogurte tipo quark Provamel
  • 125ml de xarope de agave
  • 1 limão médio bem espremido
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 2-2,5 colheres de chá de matcha em pó

Instruções:

  1. Comece por picar as amêndoas num processador (ou 1,2,3) até ficar quase em farinha.
  2. Em seguida, adicione as tâmaras (já sem caroço), a canela e sal e triture até formar uma pasta. Se a máquina precisar de ajuda, coloquem meia colher de sopa de água até ficar tudo unido.
  3. Retire esta pasta do aparelho e molde numa base redonda (com 18cm). Pode deixar altura dos lados, ou não, é como preferirem. Eu também experimentei cortar a receita em metade e utilizar umas formas que tinha para fazer porções individuais. Fiz 8.
  4. Depois de moldada a base, leve ao congelador até o restante estar pronto.
  5. Adicione todos os restantes ingredientes a uma liquidificadora e triture até obter um creme bem cremoso. Se precisar de colocar um pouco mais de iogurte para ajudar a máquina, pode fazê-lo. No entanto se a máquina não for muito potente é preciso ir fazendo aos poucos, limpando os lados, com paciência. Também é importante que o cajú esteja as 8 horas para ficar bem macio.
  6. Uma vez que tenha um creme bem cremoso, retire e coloque por cima da base de amêndoas (já um pouco congelada), até chegar acima.
  7. Leve ao congelador por mais 3-4 horas, dependendo da consistência que desejar. Menos tempo vai resultar num cheesecake mais derretido e macio.
  8. Decore com côco em pedaços, em pó, ou framboesas.
  9. Pode conservar este cheesecake no congelador por cerca de 1 mês.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *